Volley

Autor: A. Branco
Encenação: Nuno Correia Pinto 
Data de Estreia: 19 de Outubro

Texto vencedor do Prémio Nacional de Artes Performativas Maria João Fontaínhas 2010

 

Sinopse

Volley é uma peça sobre duas pessoas de dois mundos diferentes que se cruzam, num determinado momento das suas vidas, para a concretização do mesmo plano. Cada um com objectivos diferentes. Um final inesperado – ou talvez não. A desumanização do viver diário e a visceral procura da procura de melhores condições, levar-nos a realizar acções dentro do risco e da transgressão. Volley mostra-nos que sem alterar a realidade, podemos ver de outra maneira. Mas será que podemos mudar a nossa realidade e tudo ficar na mesma?

 

 

 

Ficha do Espectáculo

Texto: A. Branco; Encenação, cenografia e figurinos: Nuno Coreia Pinto; Dramatrurgia: Manuel Sanches; Construção de marionetas: Teatro e Marionetas de Mandrágora; Música: Samuel Matias; Vídeo: Ricardo Pinela; Actores no vídeo: Alexandra Diogo, Madalena Machado e Miguel Viana da Silva; Imagem gráfica, Desenho de luzes e Direcção técnica: André Rabaça; Técnico Auxiliar: Pedro Tomé; Secretária de direcção e produção: Cristina Costa