Não há ladrão que não venha por bem

Autor: Dario Fo
Encenação: João de Melo Alvim
Data de Estreia: Novembro de 1999