header teatro

Os Sapatos Ficam à Porta

de Paulo Condessa

“Os Sapatos Ficam à Porta” recebeu o Prémio de Artes do Espectáculo Maria João Fontaínhas, 1ª edição (2008), iniciativa do Chão de Oliva apoiada pela Câmara Municipal de Sintra. Trata-se de um “Monologo a 3 vozes”, por onde circula a relação de três gerações ligadas pelo mesmo sangue: o avô, o pai e o filho. Uma relação tecida, como uma teia, por metáforas, pequenas e grandes estranhezas, autocontemplações e autoflagelações, e também alguns ajustes com o passado. Essencialmente o escavar da memória dos laços familiares, e a reflexão, ora amarga, ora irónica, do que ficou, do que marca quando se põe “o coração à mostra”. 

O texto foi em 2010 montado pela Companhia de Teatro de Sintra numa encenação assinada por João de Mello Alvim.

Historial